Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Infectologista confirma áudio de médico sobre coronavírus, mas salienta: “interpretação”

prof-dr-fabio-jatene

Durante uma coletiva de imprensa em São Paulo, o infectologista David Uip, coordenador do Centro de Contingenciamento do Novo Coronavírus no estado, confirmou o áudio do médio Fábio Jatene, professor titular de cirurgia torácica do Instituto do Coração (Incodr).

Uip salientou, contudo, que apesar de verídicas, as informações são uma “interpretação” de um cirurgião.

“Esse áudio é do meu queridíssimo do doutor Fábio Jatene. Ele é verídico e é cabeça de cirurgião. Cabeça de cirurgião cardíaco é assim: ele pontua, interpreta e resolve”, afirmou.

No áudio, que viralizou no WhatsApp, Jatene fala do avanço do novo coronavírus e da necessidade de leitos de UTI para o combate à doença.

Ele sugere que “nos próximos quatro meses, na Grande SP, 45 mil casos estão prevendo e que vão precisar de UTI de 10 a 11 mil casos. E não tem 10 mil leitos de UTI disponíveis”.

O infectologista confirmou o cálculo feito por Jatene, mas destacou que esse seria o pior cenário.

“Isso é decorrente de uma reunião científica que ocorreu ontem no Incor, onde eu fui falar de estratégia do governo do estado e, dentro das estratégias, nós planejamos de 1% a 10% [da população da Grande SP vai contrair o vírus]. Esse é o cenário. Então, é fazer contas. O que é um 1% de 26 milhões. O que é 80% de 1%, o que é 20% de 1%. Guardadas duas considerações: primeiro, que isso não se instala imediatamente, e que há a sazonalidade de uma pandemia. Nós não vamos precisar de todos os leitos amanhã. Vai se posicionando”, afirmou.

Ouça o áudio:

Deixe seu comentário: