Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Pastor critica reportagem do Fantástico: “O que querem?”

pastor-samuel-goncalves-reproducao

O pastor Samuel Gonçalves, líder da Assembleia de Deus de Cabo Frio, Rio de Janeiro, criticou o programa Frantástico da Rede Globo pela matéria com transexual condenado por estupro de vulnerável e assassinato.

Através da página no Facebook, o pastor emitiu uma “palavra de repúdio” contra a reportagem, que apresentou o criminoso como “vítima” por viver em completo isolamento onde cumpre pena pelos crimes.

Na reportagem, a emissora carioca tentou dar um tom romantizado a história de crimes do pedófilo assassino, usando como pano de fundo sua condição ao cumprir pena em uma penitenciária masculina.

Ao comentar o assunto, o pastor mostrou-se preocupado com a família da criança que acabou vendo o assassino do filho de 9 anos apresentado como alguém que não merecia viver naquela situação.

“Fiquei comovido e preocupado imaginando a família dessa criança que teve seu filho de 9 anos violentamente assassinado com estupro ocultação de cadáver, essa pessoa que cometeu tal atrocidade disse que foi abandonada a 8 anos, trazendo a comoção da população a favor dele”, comentou o pastor.

O pastor também levantou alguns questionamentos sobre a reportagem, tentando entender a motivação da emissora ao apresentar o criminoso daquela forma.

Leia na íntegra:

“Fica aqui algumas dúvidas
Porque a globo cometeu esse mau enganando a população escondendo o crime monstruoso dessa pessoa?
Porque uma matéria tendenciosa dessas?
Porque ser contra essa instituição chamada família que por anos assistem vocês e da lucro a essa empresa?
O que vocês da rede globo querem com essa maldade?
Vocês devem um pedido de desculpa e retratação a essa família, e todos os telespectadores que assistiram essa matéria e foram enganados por vocês.
Oremos pela família dessa criança que uma vez mais está tendo esse episódio na opinião pública.”

Deixe seu comentário: